Aprendiz Bruno Melo estreia sábado na Madalena.

quinta-feira, 24/02/2022 | Autor: Jockey

Por Chico Mendonça

Na programação do sábado 26, o Jockey Club de Pernambuco lançará no mercado do turfe brasileiro mais um aprendiz que vem para tentar a sorte no esporte vibrante, competitivo e muito exigente. Bruno Roberto Poroca de Melo, 14 anos, estudante do primeiro ano do ensino médio. B.R.Melo, nome que constará no programa oficial vai estrear no 1º páreo no dorso do animal Tomo Y Obrigo, de propriedade de Inaldo Lima de Oliveira (Antigo Stud Ninguém Acredita).   

Bruno, é irmão do aprendiz B.Melo, que não chegou a estrear na Madalena, indo direto para a Escola de Jóqueis no Rio de Janeiro, onde vem tendo um bom desempenho no turfe mais concorrido do Brasil. A história do mais novo aprendiz se assemelha com as passagens dos irmãos M.Platini e M.Oliveira ambos oriundos das corridas de pônei, mas que seguiram para o turfe paulistano. O maior incentivo para os irmãos Bruno e Breno, vem da mãe, Mariana de Melo, que vibra intensamente pelas conquistas da dupla, porém a paixão pelos cavalos de corrida foi herdada do tio Alexandre Poroca (Biloia), falecido no ano de 2020.   

Com o peso 44 quilos, Bruno galopa por dia entre quatro a cinco animais sempre fazendo questão de ir para raia com os animais encilhados para trabalhar pernas e pegar mais aguerrimento. Nas corridas de Pônei onde o aprendiz teve uma excelente passagem, vencendo quatro corridas, diz que leva uma boa experiência para o dia a dia com os animais PSI. Claro que não é a mesma coisa, não dá para comparar a força de um PSI com um pônei, mas nos pôneis é onde começamos a ter noção de partidas, percurso e até saber a hora de exigir mais dos animais. Comentou Bruno Melo, que já está contando os dias para ir se juntar ao seu irmão no Rio de Janeiro, mas o objetivo é fazer uma boa temporada na Madalena e tentar vencer o maior número de páreos possíveis.     

Com sua estreia na programação do sábado, sobe para três o número de aprendizes atuando na Madalena dando mais opções para treinadores quando seus animais estiverem no páreo com peso muito elevado. Bruno vai se juntar aos dois colegas Antony Cardoso e João Victor, que já soma uma vitória cada. As corridas de pônei, um marco do turfe pernambucano continua formando bons aprendizes que por certo irão fazer o público vibrar com emocionantes disputas na raia pernambucana.   

Boa sorte e boa estreia ao futuro aprendiz.   

Boa sorte ao mais novo Aprendiz do turfe pernambucano.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *