Lord Gui foi o grande vencedor do Clássico Estado de Pernambuco.

segunda-feira, 12/07/2021 | Autor: admin-jockey

Por Chico Mendonça.

Acorrida já parecia perdida. Na verdade o jóquei já tinha desistido, mas na reta final Lord Gui reagiu o jóquei J.Lima se animou e Lord Gui levantou o Clássico Estado de Pernambuco, principal páreo da programação do turfe pernambucano. O a retirada de Oasis Negro, o páreo ficou reduzido a três animais com o favoritismo absoluto de Herdade que vinha de convincente vitória em 1.600 metros. Na partida dos 1.800 metros, Herdade fez questão da ponta, mas foi perseguido bem de perto por Lord Gui, e Kosovo correndo na última colocação. Na reta oposta, Herdade sempre vigiado de perto por Lord Gui segue ensinando o caminho com Kosovo ficando muito atrás. Nos 600 metros finais, Herdade abre boa vantagem e o jóquei de Lord Gui já vê suas chances diminuindo e começa se conformar com a formação da dupla, mas nos 300 finais, Lord Gui começa a voltar para corrida e o jóquei J.Lima começa a sentir confiança no filho de Rock Of Gibraltar (IRE), e parte para cima do líder que começa a esmorecer. Nos 150 finais, Lord Gui dominou e saiu tirando mais e mais chegando no disco com mais de quatro corpos de vantagem para Herdade que ainda foi ameaçado por Kosovo, mas garantiu a formação da dupla. O vencedor que foi apresentado na raia pelo treinador W.Maciel, cravou o tempo de 120.3s para os 1.800 metros do percurso.

Stud Pedrosa comemorando a surpreendente vitória de Lord Gui no Clássico Estado de Pernambuco.

 

First Champion. O cavalo de ferro de ferro do turfe pernambucano venceu a Prova Especial em homenagem aos vencedores das estatísticas 2020/2021.

Aos 9 anos, na raia ele parece um potro desses que corre mais a cada apresentação. O Cavalo de Fero Fisrt Champion não tomou conhecimento dos demais e de ponta a ponta venceu os 1.300 metros da Prova Especial em homenagem aos vencedores das estatísticas 2020/2021, e de quebra ampliou a vantagem no concurso melhores do ano de 2021 que se encerra na última corrida do ano. Com mais uma vitória, a quarta consecutiva, First Champion passa a somar 60 pontos contra 41 do vice-líder Impetrante.

Dada a partida First Champion foi pra dianteira com Auspicioso Thunder tentando componha-lo. Hortelão corrida em terceiro, depois o estreante Divagando, Suave Kick e Eggoísta na utima colocação. Na grande curva, First Champion, fazendo tremular mais uma vez a farda do Stud Curinga, aumenta a vantagem e na reta final ampara com muita classe o fulminante ataque de Suave Kick pela raia de fora que formou a dupla com Eggoíta em terceiro. W.P.Silva, conduziu o vencedor que foi apresentado em excelente estado de corrida pelo treinador R.Gomes. O temo dos 1.300 metros foi de 83.2s.

O registro de mais uma vitória de First Champion, o Cavalo de Ferro do turfe pernambucano..

 

Kaiakan voltou a vencer na Madalena.

O potro Kaiakan voltou a vencer no areão da Madalena ao levantar a prova de abertura disputada na distância de 1.100 metros. A Favorita Grace Face, com a condução de Alan Maciel formou a dupla com Kalypson chegando na terceira colocação. O Tempo dos 1.100 metros foi de 71.7s. O treinador R. Gomes preparou o vencedor que teve a feliz condução de W.Gomes.

Dr. Carlos Baltar. Com os amigos, Ricardo Maranhão, Jorge Olímpio, Lucas Eller e Serginho Santana, comemorando a vitórias do potro Kaiakan no 1º páreo da programação.

 

Tomo Y Obligo levou o Stud Ninguém Acredita a fazer as pazes com o vencedor.

Nos bastidores ele era cotado, mas as preferencias eram mais para o estreante Olympic Inoplex, que fechou raia, e Kaboclo que sempre chega no placar, mas na corrida, o Gloria de Campeão não deu mele o garantiu a presença dos titulares do Stud Ninguém Acredita na foto da vitória. Tomo Y Obligo, foi preparado pelo treinador I.Barbosa, e teve a ótima condução do jóquei M.Silva. Kaboclo formou a dupla e Boyzinha chegou em terceiro. O Tempo dos 1.400 metros foi de 93.6s.

Inaldo Barbosa (Grilo), acompanhado de Junior Medeiros, Dr. Carlos Baltar, Ricardo e Jorge Olímpio Teixeira. Recebem Tomo Y Obligo após vitória no 2º páreo da programação.

 

Velvet Sky venceu a puro galope o 3º páreo da programação.

A vitórias mais fácil da programação foi registrada na disputa do 3º páreo na distância de 1.300 metros. A égua Velvet Sky, de propriedade do Stud Remar & Haras Pernambuco não teve a mínima dificuldade para chegar na frente a puro galope. Take Right, princupal adversário de Velvet Sky formou a dula com Gate Of Hell, que vinha de vitória ficou com a terceira colocação. Alan Maciel conduziu a vencedora que teve o treinamento do W.Maciel. O tempo foi de 83.2s.

Parceria do Stud Remar & Haras Pernambuco na comemoração da fácil vitória de Velvet Sky.

 

History Buff vence a primeira corrida no Recife.

Depois de uma passagem vitoriosa em Fortaleza no hipódromo de Aquiraz, a égua History Buff, de propriedade do Stud No Stress Recife, venceu os 1.500 metros do 4º páreo. Correndo sempre na segunda colocação, na reta final History Buff girou dominando e com muita classe os ataques venenosos de Lepitit Vert e Doce Stripes, que vinha junto a cerca interna. Doce Stripes formou a dupla com Lepit Vert na terceira colocação. J.A.Barros preparou com muito carinho a vencedora que cravou o empo de 99.6s correndo bem à-vontade. Na foto da vitória a festa foi completa com a comemoração de mais um ano de vida de um dos seus proprietários, o jovem turfista Serginho Santana. Parabéns!!

O aniversariante Serginho Santana comandou a festa na foto da vitória de Story Buff, ao lado do seu pai Arivaldo Santana, o sócio Ciro Feitosa, e a Veterinária Dra. Daniele.

Estrelinha foi superior na corrida dos pônei.

Como já era esperado a égua Estrelinha deu as cartas na prova reservada para animais da raça pônei, ultima prova da programação disputada na distância de 300 metros. Na largada, Thor, com a condução de Antony Cardoso foi pra cima para tentar inibir a ação da favorita, mas a nossa futura joqueta Anna Karolinna não teve presa e esperou o final da prova para garantir a foto da vitória. Thor formou a dupla com Flexa Dourada em terceiro.

A Dra. Karol Regis veio conhecer as corridas do JCPE e encantou-se com as corridas de pônei.

Resultados.

1º páreo 1.100 metros.

Prêmio: First Champion – Geneal Bobby – Hortelão – Impetrante. Vencedores das estatísticas de animais da temporada 2020/2021.

1º Kaiakan            56Kg W.Gomes

2º Grace Face      54Kg A.Maciel

3º-Kalypson          54Kg F.Santos

4º Kaduska           54Kg W.P.Silva

Ven (3) Dupla (31) Tempo. 71.7s.

Kaiakan – W.Gomes – R.Gomes – Haras Depiguá

2º páreo 1.400 metros.

Prêmio: Alan Maciel – Jóquei vencedor das Estatísticas 2020/2021.

1º Tomo Y Obligo     56Kg M.Silva

2º Kaboclo                 54Kg W.Gomes

3º Boyzinha               54Kg A.Maciel

4º Olimpic Kinoplex 56Kg W.P.Silva

Ven (3) Dupla ( 32) Tempo. 93.6s.

Tomo Y Obligo – M.Silva – I.Barbosa – Stud Ninguém Acredita.

 

3º páreo 1.300 metros 15h00min.

Prêmio: Alexandre Magno. Treinador vencedor das Estatísticas 2020/2021.

1º Velvet Sky             54Kg A.Maciel

2º Take Right             56 Kg W.Gomes

3º Gate Of Hell          58Kg E.N.Silva ap-4

4º Tan-Tan Radiasa  54Kg W.P.Silva

Ven (2) Dupla (23) Tempo. 83.2s.

Velvet Sky – A.Maciel – W.Maciel – Stud Remar & Haras Pernambuco.

 

4º páreo 1.500 metros.

Prêmio: Haras Cariri/ Stud São José dos Bastiões. Proprietário vencedor das Estatísticas 2020/2021.

1º History Buff         56Kg A.Maciel

2º Doce Stripes        56Kg E.N.Silva ap-4

3º Leptitit Vert         56Kg W.Gomes

4º Licenciê                53Kg M.Silva

Ven (2) Dupla (23) Tempo. 99.6s.

History Buff – A.Maciel – J.A.Barros – Stud No Stress Recife.

5º páreo 1.300 metros.

Prova Especial. Vencedores das Estatísticas 2020/2021.

1º First Champion           56Kg W.P.Silva

2º Suave Kick                    56Kg W.Gomes

3º Eggoista                        56Kg J.Lima

4º Auspicuoso Thunder 56Kg M.Silva

5º Hortelão                       56Kg M.Oliveira

6º Divagando                   56Kg A.Maciel

Ven (3) Dupla (36) Tempo. 83.2s.

First Champion – W.P.Silva – R.Gomes – Stud Curinga.

 

6º páreo 1.800 metros 16h30min.

Clássico Estado de Pernambuco.

1ºLord Gui                  56Kg J.Lima

2º Herdade                  56Kg A.Maciel

3º Kosovo                    56Kg M.Oliveira

Ven (3) Dupla (34) Tempo. 120.3s.

Lord Gui – J.Lima – W.Maciel – Stud Pedrosa.

Páreo Extra Animais da raça pônei. 300 metros.

1º Estrelinha              Anna Karollyna

2º Thor                        Antony Cardoso

3º Flexa Dourada      Pedro Fernando

4º Fenix                      Edson Fernando

5º Guerreira              Matheus Oliveira

Ven (2) Dupla (24).

Estrelinha – Anna Karolinna – Escola de Jóquis.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *