Dimitrov.  O vencedor da Primeira Prova da Tríplice Coroa Pernambucana 2020.

segunda-feira, 10/08/2020 | Autor: admin-jockey

Por Chico Mendonça.

O potro Dimitrov, um alazão 3 anos filho de Redattore e Beyond Glory, de propriedade do Haras Cariri/Stud São José dos Bastiões venceu com muita tranquilidade a primeira prova da Tríplice Coroa Pernambucana, Taça Haras Remar, disputada na distância de 1000 metros. Com a retirada do estreante First Bet, do Stud Remar, sete animais participaram da prova sendo seis nascidos e criados no Estado de Pernambuco fato esse que enaltece e encoraja os criadores do nordeste a cada dia procurar melhoras para os seus planteis.

Thiago Godoy recebendo o troféu ganho por Dimitrov. Vencedor 1ª Prova da Tríplice Coroa Pernambucana, acompanhado de Silvio Botelho, Neno, A.Magno (Treinador), Laudenor, João Victor Medeiros, Dr. Carlos Baltar e Maranhão.

Dada a partida para os 1000 metros, Join The Wind e Laika saíram na frente, mas logo Laika se destacou na ponta com Join The Wind em segundo, depois Jazz In Blue, Jogando Junto e Dimitrov que deu uma arrancada por fora e na saída da reta oposta já era segundo. Jazz In Blue ficou para terceiro, Jogando Junto em quarto, Join The Wind em quinto, em sexto Juma Brasileira, e Avenida Sul na última colocação. Nos 600 finais, Dimitrov assumiu a ponta e saiu tirando boa vantagem para entrar na reta final já com a vitória garantida cabendo ao jóquei W.Gomes só administrar a situação até o espelho. Join The Wind em boa atropelada por fora travou uma boa luta com Jazz In Blue e Laika e no final  formou a dupla com Laika em terceiro e Jazz In Blue na quarta colocação. Alexandre Magno Bezerra preparou o vencedor que marcou o tempo de 64.2s para distância.

No 1º páreo, Nagoya confirmou o Favoritismo e vencendo com muita facilidade os 1.300 metros. No final ainda deu um susto junto a cerca interna, mas o jóquei W.P.Silva com muita habilidade trouxe a vencedora para o disco com muita tranquilidade. Happy Bird formou a dupla com Goiaba Branca em terceiro. O tempo foi de 85.s. De propriedade do Haras Bongy, Nagoya foi apresentada na raia pelo treinador T.Souza.

Com a vitória de Nagoya no 1º páreo, o Haras Bongy garantiu a liderança nas Estatísticas 2020/;2021, e no Torneio Melhores do Ano de 2020.

No 2º páreo, destaque para mais uma vitória da égua Filandesa, a quarta consecutiva no areão da Madalena. De propriedade do Stud H.M.Silva, a invicta Filandesa dessa vez teve a boa condução do aprendiz W.Pereira, que correu todo tempo em segundo. Na saída da reta oposta foi para a última colocação, mas manteve a cama e na hora certa voltou para corrida dominando nos 100 metros finais garantindo a invencibilidade da filha de Mellon Martini (USA) Hermana Mia. J.R.Cifuentes preparou a vencedora que cravou o tempo de 100.1s para os 1.600 metros. O favorito Impetrante,  formou a dupla com Auspicioso Thunder em terceiro.

Muita vibração do aprendiz W.Pereira e do Treinador J.R.Cifuenhtes com a linda vitória da invicta Filandesa no 2º páreo.

Com uma joqueada daquelas que todo turfista gosta de ver, Alan Maciel venceu o 3º páreo no dorso do castanho American. Correndo na ultima colocação até a seta dos 800 finais, American só procurou a corrida na saída da reta oposta quando foi ultrapassando um a um dos competidores. Na reta final, Memory Of Love e First Chamoion que dessa vez correu mais acomodado entraram brigando cabeça a cabeça com American pegando uma boa passagem por dentro. Nos 300 finais, First Champion dominou e deu a impressão de ter a corrida ganha quando surgiu por dentro American, que vinha voado baixo pela raia de dentro partiu pra cima e dominou garantindo assim mais uma foto para o Stud Imperial de Arivaldo e Serginho Santana que comemoraram muito a espetacular vitória do filho de Lord Marcos, que foi apresentado na raia em excelente estado de corrida pelo treinador M.L.Maciel. O tempo dos 1.500 metros foi de 98.1s.

A linda vitória de American com Alan Maciel foi muito comemorada pelos titulares do Stud Imperial Arivaldo e Serginho Santana e amigos.

 Resultados.

1º páreo 1.300 metros.

1º Nagoya                   W.P.Silva

2º  Happy Birth          A.Maciel

3º Goiaba Branca      W.Pereira ap-3

4º Vecevaver              F.Santos

5º Izolino                     F.Sales

Ven (4)R$. 1.00. Placê (1) R$. 1.00 e (4) R$. 1.75. Dupla (45) R$. 3.25. Dupla Exata (45) R$. 1.00   Trifeta (4-5-3) R$. S/C Tempo. 85.s.

Nagoya – W.P.Silva – T.Souza – Haras Bongy.

 2ª páreo 1.600 metros.

1ºFlandesa                    W.Pereira ap-3

2º Impetrante               F.Santos

3º Auspicoso Thunde  A.Maciel

4º Flandesa                    W.Pereira ap-3

3-Lion King                     D.F.Silva

Ven (2)R$.3.25. Placê (2)R$. 2.50 e (4) R$. 2.50.  Dupla (24) R$. 3.25. Dupla Exata (24) R$. 5.50   Trifeta (2-4-1) R$. S/V. Tempo 100.1.s.

Filandesa – W. Pereira ap-3 – J.R.Cifuentes – Stud H.M.Silva

3º páreo 1.500 metros.

1º American                A.Maciel

2º First Champion      W.Pereira ap-3

3º Memory Of Love   W.Gomes

4º Madison                 W.P.Silva

5º Nick Little               F.Santos

Ven (4)R$. 2.25. Palcê (4) R$. 1.00 e (5) R$. 3.00. Dupla (45) R$.S/V.  Dupla Exata (45) R$. S/V.   Trifeta (4-5-1) R$. S/V. Tempo. 98.1.s.

American – A.Maciel – M.L.Maciel – Stud Imperial

 4º páreo 1000 metros.

1ª Prova da Tríplice Coroa Nordestina – Taça Haras Remar.

1º Dmitrov                 W.Gomes

2º Join The Wind      F.Santos

3º Laika                      A.Maciel

4º Jazz In Blue           W.P.Silva

5º Jogando Junto      F.Sales

6º Juna Brasileira      W.Pereira

7º Avenida Sul           F.H.Costa

Ven (7)R$. 2.50. Placê (7) R$. S/V  e (2) R$. 1.00. Dupla (2-7) R$.4.00.  Dupla Exata (7-2) R$. 1.75.  Trifeta (7-2-8) R$. S/V. Tempo. 64.2s. Não correu First Bet.

Dimitrov – W.Gomes – A.Magno – Haras Cariri/ Stud São José dos Bastiões.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *