GALERIA DE HONRA DOS VENCEDORES DO GRANDE PRÊMIO MANOEL MEDEIROS.

segunda-feira, 28/09/2020 | Autor: admin-jockey

Por Chico Mendonça.

GALERIA DE HONRA.

DATA Vencedor Jóquei Treinador Proprietário Dis Tem 2º lug. 3ºlug
29.02.02 Icelander. (PE) F.Souza C.A.Nascimento St. Boa Viagem 2.0 133. Love Is Grat Dancer Horse
09.09.03 De Cinema (PE) A.Fagundes M.L.Maciel Stud 13 2.0 131. Minot Well known
31.10.04 Kor Zok. (PE) P.B.Braga H.Martins St.  A.Esper. Afogados 2.0 132. Hio Verde Xalopeño
25.09.05 Nobody.   (PE) F.Sales C.A.Nascimento St. S.J.Bastiões 2.0 129.6 Noon Sum Zimbo Sabu
22.01.06 Mandado. (CE) J.Júlio J.Júlio St. Edilgua 2.2 145.6 Lochner Pericoloso
25.11.07 Hi Societe. (PE) S.Moreira A. Magno St. Cortez-PE 2.2 152s Now Heights Periculoso
28.12.08 Quorum Máximo (PE) J.Júlio I.Ferreira St. Recife 2.0 135.7 Gueriguéri Ki coração
30.08.09 Istambul.

(PE)

J.Júlio I.Ferreira St. Silver Blue Star 2.2 150s Buck Hills Don Lopes
29.08.10 El Herdeiro. (PE) M.Oliveira M.L.Maciel Stud 13 2.2 145.3 Istambul Canuti
17.07.11 Tango Arrabalero (PE) F.Davidson E.M.Lima Haras Bongy 2.2 147.s Tatamovicht Canuti
16.09.12 Charmant. (PE) M.Silva J.R.Cifuentes St. S.Nicolau 2.0 132.6 Super Purse Urso Polar
15.09.13 Stockholder. Fábio Silva C.A.Nescimento St. S.J.DBastiões 2.0 129.7 Tank Boy Take The Money
19.10.14 Vuole Soldi. (PE) M.Oliveira M.L.Maciel Stud L&M 2.0 132.s Grand Central Fukugawa
19.10.15 Super Fratello. (PE) F.Benone F.BENONE ST. Cariri do Recife 2.0 133.5s Vuoli Soldi Sirigaita
13.11.16 Sixteen Tons N. Cunha D.Guignone ST. S. J. Dos Bastiões 2.0 130.4s Cartola Super Fratello
26.09.17 Taquetaquetadanado A.Maciel M.Ferreira St.S.J dos Bastiões 1.8 119.2s Capanegra Thê Barbaridade
29.12.18 Little Manduro W.Gomes A.Magno Haras Cariri -PE 2.0 131.2s Energia Imagine Capanegra.
28.09.19 NO AR F.Sales W.Maciel St 3 Irmãos 2.0 134.s Natural Champion Barishnikov

– O grande Prêmio Manoel Medeiros foi disputado pela primeira vez no dia 29 de novembro de 2002, sendo uma das mais justas homenagens prestada pelos turfistas e a direção do Jockey Club de Pernambuco, a um grande turfista, criador e incentivador do turfe brasileiro.

-Icelander, do Stud Boa Viagem, o treinador por C.A.Nascimento, e o jóquei  F.Souza, foram os primeiros vencedores  da primeira edição do Grande Prêmio Manoel Medeiros, que se tornou de imediato uma das principais provas do turfe nordestino.

– O Stud São José dos Bastiões, é o campeão de vitórias. Venceu   com Nobody, e em 2013 com Stockholder, e Taquetaquetadanado em 2017.

– Com três vitórias, o treinador M.L.Maciel é o maior ganhador do Grande Prêmio Manoel Medeiros. Levou para o disco os animais, De Cinema, El Herdeiros e Vuoli Soldi.

– Entre os jóqueis, o cearense J.Júlio é o grande destaque com três vitórias. Mandado, Quorum Máximo e Istambul.

– Com a vitória de Mandado, em 2006, o Stud Edilguar, hoje Stud Edilguar & Pierre foi o único proprietário do turfe cearense a vencer uma edição do Grande Prêmio Manoel Medeiros.

– O único profissional a vencer na categoria de jóquei e treinador foi F.Benone, com o animal Super Fratello, do Stud Cariri do Recife.

2016 – O treinador Dulcidio Gugnone, participa e ganha pela primeira vez o GP. Manoel Medeiros, com o animal Sixteen Tons.

– Nelito Cunha (N.Cunha) deu um show na condução de Sixteen Tons, e escreveu o seu nome na galeria de honra do GP. Manoel Medeiros.

– A programação foi transmitida na integra para todo o Brasil através do simucanting com o hipódromo da Gávea gerenciado pela PMU.  A TVI foi a responsável pelas imagens.

– Super Fratello, que tentava o bi campeonato finalizou na terceira colocação.

– Os jóqueis V.Gil e C.Farias, foram as atrações do festival.

2019 – Pela primeira vez em 18 anos, o Grande Prêmio Manoel Medeiros é disputado numa tarde de sábado ficando o publico um pouco abaixo das expectativas.

– O Favorito Hard Trick, do Stud São José dos Bastiões teve seu forfait registrado na quinta-feira antes da corrida ficando o campo da prova reduzido para quatro animais.

– Mestre Alemão, do Stud  Unidos Pelo Turfe venceu de bandeira a bandeira o Clássico de velocidade Zélia Dias Medeiros.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *