Stud Azevedo mudou para “Rancho Azevedo”, um sonho que se tornou realidade.

quinta-feira, 17/06/2021 | Autor: admin-jockey

Por Chico Mendonça.

A farda Azul do Stud Azevedo que já comemorou muitas vitórias na raia pernambucana vai mudar. Não a cor da farda, mas para alegria do turfe nordestino a mudança será no nome. O Stud Azevedo cresceu e passará a se chamar Rancho Azevedo, continuando com a mesma farda que deu tantas alegrais para a tradicional família do turfe pernambucano. O mais novo centro de criação de PSI, vem para fortalecer o Nordes e se juntar aos criadores pernambucanos, Stud Remar e Haras Depiguá. O Rancho Azevedo é um incentivo para futuros centros de criação no Nordeste. É um grande sonho do apaixonado pelo turfe, Dr. Paulo Azevedo, médico veterinário, coordenador do Instituto Federal do Maranhão, e professor da cadeira de reprodução animal.

O criatório está localizado em São Raimundo das Mangueiras, no Estado do Maranhão, formando assim uma parceria do Dr. Paulo Azevedo com o Haras Escafura do Rio de Janeiro. É um centro de criação pequeno que acomodará cinco éguas reprodutoras. As duas primeiras matrizes que farão parte do plantel deverão chagar na nova propriedade que está passando por reformas nos piquetes, sede, e toda infraestrutura no final de mês de junho. As primeiras éguas já cobertas pelo reprodutor Ferrier, são Uma Miss, filha de Nedawi (GB) e Onion Rings, de criação do Haras Old Friends LTDA, e Dear Fiji, uma filha de Vettori (IRE) e Fiji Mambo (USA), criação do Stud TNT e Haras Old Friends LTDA.   

Através de mídias sociais o Dr. Paulo Azevedo não escondia sua alegria em dá essa notícia para os turfistas pernambucanos. É uma criação pequena e modesta, mas é um sonho que está se tornando realidade. Em breve estaremos correndo nossos primeiros produtos no areão da Madalena e juntando-se aos dois principais criatórios de Pernambuco o Stud Remar e o Haras Depiguá, contribuindo com o fortalecimento do turfe nordestino. Concluiu Dr. Paulo Azedo.   

Rancho Azevedo. O mais novo criatório de animais PSI do Nordeste.

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *