Antony Cardoso, João Victor e Victor Hugo, principais estreais na primeira corrida de 2022.   

quarta-feira, 12/01/2022 | Autor: Jockey

Por Chico Mendonça.

No próximo sábado 15, o turfe pernambucano vai realizar a primeira corrida de 2022, com uma programação recheada de atrações e dentre elas, duas vem sendo muito aguardas pelos turfistas e profissionais. Trata-se das estreias de Antony Cardoso e João Victor (Don Babito), dois bons talentos oriundos do Projeto Jóqueis do Futuro, que irão dar início a uma nova jornada, onde com certeza irão brilhar, assim como brilharam nas categorias de base, uma exclusividade do turfe pernambucano. Filhos de profissionais do turfe, os futuros Jóqueis estão muito bem preparados para o início da nova jornada enfrentando grandes talentos que vem desse grande projeto do Turfe pernambucano, como Alan Maciel, W,Gomes, G.Martins,  J.Lemos e o também aprendiz D.F.Silva.

Com 30 vitórias conquistadas nas corridas de pônei, Antony Cardoso se destacou pelo seu estilo arrojado no comando dos pequenos animais correndo em qualquer posição e sempre disputando uma vaga no placar. Uma das corridas que Antony gravou em sua memória foi com o animal Piter, no ano de 2016, correndo na última colocação e vencendo a corrida no último galão. Essa corrida será inesquecível! Nesse dia foi muita emoção!! Agora ele aguarda com ansiedade o grande dia que, independentemente da colocação obtida na corrida, com toda a certeza vai marcar sua vida. Sempre contando com o total apoio dos pais, Gerson Cardoso (Ex-jóquei, Treinandor e Ferrador) e Aliana Hilda, Antony, divide seu tempo se dedicando aos estudos. Aluno do 8º ano no Educandário Maria Imaculada, o sonho do Aprendiz de Jóquei é seguir para o turfe carioca e depois tentar um espaço no turfe norte americano. Vejo muito as corridas dos EUA, e acho muito competitivo e organizado. Quero um dia ir para lá. Concluiu ele.

Em relação a sua montaria de estreia o animal Eggoista, nos 1.300 metros do 3º páreo, ele diz gostar muito do animal que fez um bom trabalho com o Jóquei Alan Maciel. O Treinador de Eggoísta, M.L.Maciel, disse que gostou muito da firmeza com que Antony vem galopando os animais e acha que tem muitas chances de vitória. Pelo que venho acompanhando nos trabalhos vamos ter dois bons talentos estreando no sábado. Disse o treinador.

Antony Cardoso. Futuro bastante promissor do turfe pernambucano.

Don Babito. 

Neto de uma das lendas do turfe nordestino, João Victor vai fazer sua estreia oficial no dorso da égua Linda Majú, de propriedade da parceria do Haras Cariri/Stud São José dos Bastiões. Quem viu o seu avô, José Ribamar da Silva (Don Baba) montando, sem dúvidas vai apostar muitas fichas no futuro do neto que disputou várias corridas com Antony nos páreos de pônei, levando o público ao delírio. Durante o primeiro ano da pandemia da covid 19, João Victor passou uma boa temporada no turfe cearense onde começou oficialmente a galopar animais PSI e Quarto de Milha. Mas nos meados de 2021, retornou a capital pernambucana para fazer sua estreia junto com o seu público que sempre torceu por ele nas corridas de pônei.

João Victor vai atuar em quatro provas das seis programadas para a sabatina.  Linda Majú no 2º páreo, Kosovo no 3º Páreo, onde vai fazer sua primeira corrida ao lado do seu colega Antony Cardoso. No 4º páreo, tem a boa montaria de Impetrante, e no 5º páreo fecha sua participação no dorso do castanho Berlin Light, animal treinado por M.Ferreira.

Aluno do 8º ano na Escola Paulo Freire, João Victor já está de olho em uma vaga na Escola de Formação de Jóqueis do turfe carioca, onde pretende se juntar às feras do turfe nordestino que atuam com sucesso no turfe mais concorrido do Brasil.

João Victor( Don Babito). Inicio de uma nova jornada.

Vídeo que mostra uma acirrada e eletrizante disputa entre Antony Cardoso e João Victor. Eles prometem emocuonar o publico.

Victor Hugo. Estreia na corrida de Pônei. 

Quem também vai iniciar uma nova jornada no turfe pernambucano é o garoto Victor Hugo, 8 anos, que vai estrear no páreo reservado para animais da raça pônei. Filho de Victor Hugo Barbosa Santana e Maria Luiza de Barros, Victor Hugo vai estrear no dorso do pônei Neymar, que vai correr os 200 metros com a manta de número 4, enfrentando os animais. Destion (Pedro Fernando), Messy (Ana Karollyna), Gostosinho Edson Fenado, Jotinha (Devison Geovani), Fenix (Matheus Oliveira), Major (Igor Barreto) e Estrelinha (Cleiton Santos).

Victor Hugo é mais um que que abraçar a profissão de jóquei.

 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *